Questão Como verificar manualmente a versão do Ubuntu? (por exemplo, do disco rígido)


Existe uma maneira rápida de verificar a versão do Ubuntu do sistema:

$ lsb_release -a
No LSB modules are available.
Distributor ID: Ubuntu
Description:    Ubuntu 11.10
Release:        11.10
Codename:       oneiric

Mas quais são os arquivos que armazenam essas informações e como posso acessá-los? Particularmente, eu tenho uma partição antiga com um Linux morto e gostaria de verificar qual era a sua versão do Ubuntu. lsb_release -a mostra minha versão atual do Linux apenas ...


4


origem




Respostas:


Você pode usar /etc/lsb-release por isso:

~$ cat /etc/lsb-release
DISTRIB_ID=Ubuntu
DISTRIB_RELEASE=13.04
DISTRIB_CODENAME=raring

7



Note que esta resposta também é válida para outras distribuições. / etc / lsb-release é comum a várias das grandes distribuições. - Michael Kjörling


Você pode tentar chrooting no sistema a partir de outro Linux ou LiveCD. Vamos supor que sua distro está ligada sda2. Primeiro, monte a partição:

$ mount /dev/sda2 /mnt

Agora vincule pastas com binários cruciais para substituir possíveis mortos. mount -B monta um diretório sobre o outro praticamente substituindo seu conteúdo, mas sem tocá-lo fisicamente:

$ mount -B /bin /mnt/bin
$ mount -B /sbin /mnt/sbin
$ mount -B /usr/bin /mnt/usr/bin

Agora chroot para a antiga distro. chroot vai fingir que dado diretório é / (assim, no nosso caso, teremos um shell rodando em uma distro offline, trabalhando em seus arquivos, exceto nos binários que ligamos antes)

$ chroot /mnt

Agora, qualquer comando que você emitir funcionará como se essa partição fosse a raiz do seu sistema de arquivos. lsb_release -a será executado a partir de seus binários, mas irá ler os arquivos da distro morta.

Você pode usar chroot para muitas outras coisas. Por exemplo, você pode atualizar o Ubuntu sem inicializá-lo: basta inicializar um LiveCD, montar a partição do Ubuntu, vincular diretórios cruciais como /proc etc (não binários - isso atualizaria binários LiveCD) e executar do-release-upgrade no shell chrooted.


5



Isso se torna muito mais complexo se o outro sistema for de uma arquitetura diferente ou até mesmo um sistema operacional diferente. Embora forneça informações úteis, há desvantagens nessa abordagem. (E você esqueceu de bibliotecas, que também precisam ser ligadas à cadeia chroot.) - Michael Kjörling


Abra o Terminal (atalho do teclado: Ctrl+Alt+T)

Digite o comando

lsb_release -a 

Sua versão será mostrada na linha de descrição.


-2



O OP solicitou especificamente uma outra forma de verificação do que a solução que você mencionou. - Teun Vink